DPVAT MG 2021 – Como funciona? Para que serve? Quem tem que pagar?

O DPVAT MG 2021 é uma das principais taxas anuais obrigatórias que todo proprietário de veículo deve pagar. Mas, você sabe o que é e para que serve o DPVAT? A seguir, respondemos essas questões. Confira!

O que é o DPVAT MG 2021?

Trata-se do seguro obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre, que é cobrado em taxa única junto à primeira parcela ou pagamento à vista do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores). O seguro é recolhido e administrado pela Seguradora Líder.

dpvat

Para que serve o DPVAT MG 2021?

O seguro DPVAT é voltado ao reembolso de despesas médicas ou pagamento de indenização às vítimas de acidentes de trânsito ocorridos dentro do território nacional, sempre observados os valores máximos estabelecidos pela Seguradora Líder.

Quem paga o seguro consegue reembolso de despesas de internação hospitalar e tratamentos médicos, por exemplo, bem como cobertura de indenizações por morte ou invalidez.

Por que pagar o DPVAT MG 2021?

O pagamento evita que o proprietário do automóvel tenha de pagar do seu próprio bolso despesas médicas e de indenizações às vítimas de acidentes de trânsito, caso se envolva em algum.

Na prática, funciona como uma proteção extra financeira, evitando o pagamento de valores elevados, sobretudo quando se fala em gastos médicos e indenizações, eliminando o risco de endividamento.

Além disso, há outro ponto essencial: todo proprietário só conseguirá realizar o licenciamento anual obrigatório e receber o novo CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo) se pagar a taxa atual e de anos anteriores do seguro.

Quem tem de pagar o DPVAT MG 2021?

Todo proprietário de veículo automotor deve pagar o seguro DPVAT. A única diferença é que o valor varia entre o tipo de veículo. Normalmente, donos de motocicletas pagam taxas mais elevadas porque a chance de se envolver em acidentes de trânsito, neste caso, é maior.

Como pagar o DPVAT MG 2021?

O pagamento do seguro deve ser feito em cota única, ou seja, não é possível parcelar o valor. Além disso, é preciso quitá-lo quando pagar a primeira parcela do IPVA ou sua cota única.

É simples realizar o pagamento, é só emitir o boleto e quitá-lo em um dos bancos da rede credenciada, que é composta por instituições financeiras como:

  • Banco do Brasil;
  • Banco Postal (Correios);
  • Itaú;
  • Bradesco;
  • Caixa Econômica Federal e lotéricas;
  • Sicoob;
  • Banco Mercantil do Brasil;
  • Santander.

Mas, afinal, como emitir o boleto DPVAT MG 2021? Este procedimento é feito gratuitamente e com total praticidade no site oficial do Detran MG, como indicado abaixo:

  • Acesse a página sobre o seguro DPVAT no site do Detran MG (clique aqui);
  • Role a página e preencha o formulário informando placa e Renavam do veículo;
  • Confirme o recaptcha;
  • Clique em “emitir guia”.

A página será atualizada e trará o boleto para pagamento da taxa, que pode ser efetuado pessoalmente em um dos bancos credenciados, via internet banking ou aplicativo bancário.

Como requerer o seguro DPVAT MG

O seguro pode ser requerido somente por vítimas de acidente de trânsito (motorista, passageiro ou pedestre), não importa de quem seja a culpa. A proteção oferecida é assegurada por um período máximo de três anos e envolve a cobertura de:

  • Morte (indenização de R$ 13.500,00);
  • Invalidez permanente, total ou parcial (indenização até R$ 13.500,00);
  • Reembolso de despesas médicas e suplementares (até R$ 2.700,00).

Se seu caso se enquadrar num desses, reúna todos os documentos solicitados e faça o pedido em ponto de atendimento próximo de sua residência ou pelo aplicativo Seguro DPVAT, que pode ser baixado gratuitamente na loja de apps de seu smartphone.

Informações sobre o requerimento do DPVAT MG

  • O DPVAT indeniza vítimas de acidentes de trânsito, exclusivamente, e não prejuízos materiais decorrentes deles;
  • Não é preciso utilizar intermediários para solicitar o seguro, ou seja, não é necessário que o processo seja feito por advogado ou despachante. A vítima ou seu procurador consegue requerer;
  • O pedido ficará em análise pelo período de trinta dias. Durante esse tempo, o acompanhamento do processo pode ser feito via aplicativo Seguro DPVAT ou no site da Seguradora Líder;
  • Se o benefício for liberado, o pagamento ocorrerá diretamente na conta corrente ou poupança do solicitante informada no momento da requisição.

Comente