Licenciamento vencido – Por quanto tempo pode circular sem pagar o licenciamento?

O licenciamento deve ser realizado anualmente por todos aqueles que possuem um veículo automotor. Mas, sempre há quem esqueça de pagar a taxa e em situações assim surge uma dúvida: até quando é possível circular sem quitar o licenciamento?

Neste post, esclarecemos essa dúvida definitivamente. Acompanhe e veja, também, informações sobre o licenciamento, especificamente sobre como pagar a taxa corretamente.

O que é o licenciamento?

Trata-se de um processo que visa à regularização do automóvel e emissão do CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo), documento que deve ser portado pelo proprietário do carro, sempre.

licenciamento 2021 mg - Valor pagar licenciamento detran mg

Como fazer o licenciamento?

O licenciamento é simples de ser realizado, basta pagar a taxa inerente ao serviço na rede bancária credenciada. Quando o sistema do Detran reconhecer o pagamento, emite o CRLV e o encaminha para o proprietário do veículo.

Mas, o envio só será efetuado se não houver dívidas de IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) e TRLAV (Taxa de Renovação do Licenciamento Anual do Veículo) dos últimos cinco anos.

Também não podem existir débitos inerentes ao seguro DPVAT (Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Via Terrestre) e multas de trânsito.

Por quanto tempo pode circular sem pagar o licenciamento?

Se o licenciamento não foi pago, não é possível circular em vias públicas. De acordo com o CTB (Código de Trânsito Brasileiro), o CRLV (que é emitido ao pagar a taxa) é de porte obrigatório em todas as circunstâncias. Logo, se não tiver o documento válido, não se deve dirigir.

Pode circular com o comprovante de pagamento do licenciamento?

Pagou a taxa de licenciamento para resolver o problema o mais rápido possível e quer saber se pode dirigir sem o CRLV novo, mas com o comprovante de pagamento? Não é possível.

Como dito anteriormente, o condutor deve portar o CRLV, que atesta a regularidade do veículo, ou seja, que não há débitos anteriores. Somente o comprovante de pagamento da taxa de licenciamento não indica que o veículo está regular, que não existem outros débitos como multas e IPVA em aberto.

O que acontece se circular sem pagar o licenciamento?

De modo geral, o proprietário do veículo pode enfrentar graves problemas junto ao Detran se circular sem pagar a taxa de licenciamento. A seguir, indicamos quais são eles:

Pagamento de multa, ganho de pontos em carteira e apreensão do carro

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro, dirigir sem CRLV ou com o documento fora da validade é uma infração gravíssima, que implica no pagamento de uma multa e ganho de sete pontos na carteira.

Além disso, há uma grande chance de ter o veículo apreendido, o que costuma dar trabalho para regularização. Segundo o Detran, é preciso pagar todos os débitos inerentes ao automóvel, bem como taxas de liberação e guarda em pátio, o que aumenta os gastos expressivamente.

Crescimento do débito

Sobre o valor da taxa de licenciamento são aplicados juros mora e multa a partir da data de vencimento. Quanto mais tempo passar, maior a dívida. Logo, pode ser que o montante cresça bastante, complicando quitá-lo.

Como pagar licenciamento atrasado?

Deixou o prazo passar e quer pagar o licenciamento atrasado? Então, saiba que esse procedimento é simples de ser realizado. O proprietário do veículo deve, somente, quitar a taxa em um dos bancos credenciados.

O pagamento pode ser efeito pessoalmente em um caixa ou terminal de autoatendimento, basta informar o Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores), que está no canto superior do CRLV.

Outra forma de pagamento é por meio de guia de arrecadação, que é o tradicional boleto. Para obtê-lo, acesse o site do Detran, especificamente a página de licenciamento e emita o documento. Utilize seu código de barras para quitar a taxa, o que pode ser feito em uma agência bancária, por aplicativo ou via internet banking.

Em ambas as situações, o sistema calcula automaticamente o novo valor da taxa de licenciamento, considerando os juros de mora e multa, simplificando o trabalho do condutor do veículo.

Assim que a situação for regularizada, o Detran encaminha o novo CRLV para o endereço do proprietário cadastrado em sua base de dados. Se não o receber, entre em contato com o órgão para solicitar uma nova emissão ou envio.

Comente