Valor licenciamento Detran MG 2021

O licenciamento Detran MG deve ser realizado anualmente por quem tem veículo automotor. Para finalizar esse procedimento, é preciso pagar a TRLAV (Taxa de Renovação do Licenciamento Anual do Veículo).

Mas, qual seria o valor da taxa de licenciamento Detran MG, especificamente? A seguir, esclarecemos essa dúvida e damos mais informações sobre o procedimento. Acompanhe e boa leitura!

O que é o licenciamento Detran MG?

Trata-se de um procedimento feito anualmente por todo proprietário de veículo automotor, com a finalidade de regularizar a situação do automóvel e emitir o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo), documento que é de porte obrigatório.

licenciamento 2021 mg - Valor

Para realizar o licenciamento, basta efetuar o pagamento da TRLAV. Quando o sistema do Detran MG reconhecer o valor, ele emite um novo CRLV, que é encaminhado para o endereço do proprietário cadastrado no banco de dados do órgão.

Qual o valor do licenciamento Detran MG 2021?

O valor do licenciamento é estabelecido pelo Detran MG e Secretaria de Fazenda do Estado. O total a ser pago em 2021 ainda não foi liberado, mas certamente será maior do que a taxa de 2020, cujo valor era R$ 105,78.

Quer saber o valor exato da taxa de licenciamento? É possível obter essa informação rapidamente e de maneira simples, basta acessar a página de serviços de licenciamento no site do Detran MG.

Como fazer o licenciamento Detran MG 2021

É simples fazer o licenciamento, é só pagar a taxa exigida e aguardar a emissão do CRLV. Existem duas formas de quitar esse valor. Confira, a seguir, como ambas funcionam:

Em guichê de caixa e terminal de autoatendimento em banco

Neste caso, dirija-se a um dos bancos credenciados autorizados a receber o pagamento, informe o Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores) e quite a taxa. Esse procedimento pode ser realizado por qualquer pessoa, desde que informe o Renavam.

Por meio de documento de arrecadação

O DAE (Documento de Arrecadação Estadual) é o tradicional boleto. É possível obtê-lo no site da Secretaria de Fazenda do Estado de Minas Gerais, como indicado logo abaixo:

  • Acesse o site de emissão da taxa de licenciamento (clique aqui);
  • Informe o Renavam e ano de exercício do licenciamento;
  • Clique na caixa de recaptcha, para autenticar seu acesso;
  • Selecione “continuar”.

Pronto! O site exibirá o DAE, com possibilidade de salvá-lo ou imprimi-lo. Faça o pagamento dentro da data especificada em um dos bancos credenciados, seja pessoalmente numa agência, via internet banking ou aplicativo, utilizando o código de barras.

O que acontece se não fizer o licenciamento Detran MG 2021?

A ausência de licenciamento torna o veículo irregular. Além disso, o CRLV perde a validade. Em casos assim, o proprietário do carro corre o risco de sofrer as seguintes penalidades:

Crescimento da dívida

Juros e multas são aplicados sobre o valor do licenciamento quando é pago em atraso. No que se refere aos juros, paga-se o corresponde à taxa SELIC (Sistema Especial de Liquidação e Custódia), que é estabelecida pelo Banco Central do Brasil mensalmente.

Já sobre as multas, os valores variam de acordo com o período em que o débito está em aberto. Conheça, logo abaixo, quanto é cobrado:

  • 0,15% diários até o trigésimo dia de débito;
  • 9% do trigésimo ao sexagésimo dia de débito;
  • 12% após o sexagésimo dia de débito.

Portanto, se ficar muito tempo sem pagar o licenciamento há o risco de esse débito crescer significativamente com os juros e multas, dificultando pagá-lo de uma só vez.

Multa, pontos em carteira e apreensão do carro

Dirigir um veículo não licenciado e sem CRLV é considerado uma infração gravíssima de trânsito, de acordo com o Detran. Caso o proprietário seja pego dirigindo nessas condições, ele sofre as seguintes punições:

  • Pagamento de multa no maior valor vigente;
  • Ganho de sete pontos na carteira de habilitação;
  • Possibilidade de apreensão do carro.

Caso o carro seja apreendido, o proprietário deve passar por um longo processo para reavê-lo. Primeiro, é preciso pagar todos os débitos inerentes ao veículo, inclusive o licenciamento.

Depois, deve-se pagar taxas extras de liberação e diárias do pátio em que o carro ficou guardado, o que acaba aumentando ainda mais os gastos. Depois disso, o veículo é liberado para seu dono com a documentação em ordem.

Comente